O Rio de Heráclito
O Rio de Heráclito

“Em rio não se pode entrar duas vezes no mesmo”, disse Heráclito. Esse é o mote que embala as páginas da novela O RIO DE HERÁCLITO de Sérgio Schaefer, livro que acaba de ser lançado pela Editora Revolução Cultural.

O filho de um fazendeiro desiste da vida campeira, arrebanha um diploma de filosofia e torna-se professor desse saber que teve seu desenrolar grego a partir dos pré-socráticos. Apenas formado, casa com uma professorinha de matemática de nome Sofia. É então que a vida dos dois começa a balançar ao ritmo da dialética do rio de Heráclito.

Segundo o sábio Heráclito, as mudanças parecem ser o fluir impetuoso, ondulante e interminável de um rio. As águas que correm podem desparadigmatizar qualquer coisa. Inclusive, casamentos.

De fato, Heráclito está bem satisfeito: aquele casamento acaba e o professor de filosofia encaminha sua vida para uma síntese, que tem o nome Filomena, uma colega do departamento de psicologia da universidade.

Nosso mundo sublunar é feito de constantes mudanças. Per omnia saecula saeculorum et sacco saccorum.


Valor: R$ 19,00


site desenvolvido por wwsites